ESP – Compliance preventivo ou corretivo?

ESP – Compliance preventivo ou corretivo?

Engraçado demais ver tantas empresas e pessoas focadas em lei anticorrupção e canais de denúncia, mas fica aqui minha dúvida, será que vamos limitar o compliance a somente isso?

Digo somente, pois tenho visto muita derrapagem operacional nos planejamentos estratégicos que não chegam nem perto do operacional, implementação de riscos estratégicos em empresas que nem políticas de riscos tem, como pode?

Dificilmente vejo um profissional de compliance envolvido no planejamento tributário, e em certos casos nem política de gestão tributaria possuem, não se envolvem na governança de TI, não dominam Segurança da Informação, metodologias Cobit e ITIL, mas querem assumir o protagonismo na Lei Geral e Proteção de Dados – LGPD , será que estou sendo superficial, ou os trabalhos de implementação de gestão de compliance estão pensando em ser corretivos e não preventivos?

Muito protagonismo e pouco envolvimento para entender o negócio, mais uma vez digo, o protagonista deve ser a diretoria ou conselho de administração, caso sua organização possua um conselho, sou da opinião que deveríamos aparecer menos e dar mais suporte, somente assim demonstramos nosso valor, sendo preventivo, na tentativa de evitar problemas de não conformidade em nossos negócios.

O compliance não é de exclusividade do juridico, qualquer bom profissional com conhecimento do negócio, boa comunicação e que saiba escrever políticas, manuais, procedimentos entre outros documentos de suma importância para o negócio, já é um grande progresso, interpretar leis também ajuda, mas o passar do tempo e com o apoio do juridico, o compliance legal e operacional podem fortalecer seu negócio. E cá entre nós os gestores que são contratados para assumir posições de gerenciamento dos processos também devem aprender a interpretar as legislações que são pertinentes aos seus trabalhos.

Afinal devemos estar em compliance no(a) marketing, comercial, recursos humanos, contabilidade, compras, logística, estoques, produção, tesouraria, segurança patrimonial, diretoria, conselho, mesa de negócios, tecnologia da informação, gestão de terceiros, contas a pagar, cobrança, entre outras áreas da organização.

#pensenisso #compliancenapratica #chegadefakes

Texto: Marcos Assi

Professor, Embaixador e Comendador MSc. Marcos Assi, CCO, CRISC, ISFS – Sócio-Diretor da MASSI Consultoria e Treinamento Ltda – especializada em Governança Corporativa, Compliance, Gestão de Riscos, Controles Internos, Mapeamento de processos, Segurança da Informação e Auditoria Interna.

Marcos Assi também coordena o MBA Governança, Riscos e Compliance oferecido pelo Instituto ESP-Amazonas, com 30% de desconto para os profissionais registrados no CRA-AM.

Informações: 92 98133-9466 / 99188-2383 / 99144-7003

Fechar Menu