Publicação foi lançada em julho pelo regional Paulista

Publicação foi lançada em julho pelo regional Paulista

O cidadão brasileiro depende cada vez mais da boa gestão pública em nível local, ou seja, no município que é onde ele vive e felizmente tem se deparado com um corpo de gestores cada vez mais qualificado. Se a regra não vale para o Brasil todo, a obra Gestão Municipal no Brasil: Modernização, Cooperação e Humanização quer contribuir para mudar o cenário. 

Fruto da parceria entre a Oficina Municipal (OM), Fundação Konrad-Adenauer-Stiftung (KAS) e Grupo de Excelência em Gestão Pública (GEGP), do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP), o livro busca fundamentalmente “chamar a atenção do público para a importância estratégica e para a atualidade do tema da Gestão Municipal no Brasil”. 

Ao todo, são trinta e cinco autores e autoras reunidos, das mais diversas áreas de interesse para a Gestão Municipal no Brasil. Além do prefácio e do posfácio – este último assinado pelo presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Mauro Kreuz -, vinte artigos constroem uma visão sistêmica da administração pública, que busca dar conta de aspectos teóricos e práticos. Assim, o leitor é envolvido em uma leitura relevante e fluida, bastante explicativa para dar conta de um tema tão complexo. 

Os assuntos foram organizados por blocos temáticos, divididos em quatro seções. A primeira é Municípios, democracia e cidadania no Brasil. Em seguida, Planejamento e Gestão Municipal. A terceira aborda a Participação democrática, tecnologia e sustentabilidade e a última Inovação e modernização na Gestão Municipal. 

Kreuz e o diretor da Câmara de Gestão Pública do CFA (CGP), Fábio Mendes Macêdo, assinam, em conjunto, um dos capítulos do livro. Os autores apresentam o Índice CFA de Governança Municipal, IGM-CFA, elaborado pela autarquia. 

A ferramenta visa auxiliar os gestores públicos em três dimensões distintas e complementares: financeira, gestão e desempenho. “Graças ao índice hoje é possível comparar modelos de gestão, buscar experiências de êxito, acompanhar séries históricas de dados sociais e, sobretudo, aperfeiçoar a gestão com vistas a uma maior qualidade de vida e justiça social”, conta na publicação. 

De acordo com Macêdo, a obra “lança um olhar de esperança para a política local, na busca por cidades e prefeituras mais humanas, inovadoras e com um espírito de cooperação. Aponta para um conjunto de oportunidades para o aperfeiçoamento da gestão pública e para uma nova cultura política e administrativa”, afirma. 

O livro está disponível para download gratuito: https://lnkd.in/diE6Ctv

Assessoria de Comunicação CFA – Elisa Ventura